Provérbios de sentimentos

Amiguinhas

No aperto do perigo

O amigo

No aperto do perigo,
se sabe quem é amigo.
Mais vale um vizinho à mão
do que ao longe o nosso irmão.

Um amigo verdadeiro
vale mais do que dinheiro;
um amigo diligente
é melhor do que parente.

Um amigo que não presta,
uma faca que não corta
uma caneta já gasta,
que se percam, pouco importa.

Amiguinhas

Amiguinhas

Os amigos são para as ocasiões

Os amigos são para as ocasiões.
Na prisão e no hospital,
vês quem te quer bem ou mal.

Quem ama Beltrão

Quem ama Beltrão,
ama o seu cão.
Quem ama o Torcato,
ama o seu gato.
Quem ama a Joana,
ama a sua mana.
Quem ama a Beatriz,
ama o seu nariz.
Quem ama o Edgar,
ama o seu olhar.

Quem feio ama

Por amor

Quem feio ama,
bonito lhe parece.
Quem gordo ama,
elegante lhe parece.
Quem baixo ama,
alto lhe parece.
Quem parvo ama,
divertido lhe parece.

Quem meu filho beija

Sentimento pa(ma)ternal

Quem meu filho beija,
minha boca adoça.
Quem meu filho bate,
em mim deixa mossa.

Quem te avisa

Quem te avisa,
teu amigo é.
Quem te repreende,
teu amigo é.
Quem te ensina,
teu amigo é.
Quem te ajuda,
teu amigo é.
Quem te acompanha,
teu amigo é.

Partilhe
Share on facebook
Facebook